sad cat

Atenção: Depressão em Gatos

Nossos amigos que nos trazem tanta alegria, assim como nós, também podem sofrer de depressão. Pequenas mudanças no comportamento do animalzinho, podem ser sinais de que ele está sofrendo, de estresse ou de depressão.

Alguns sinais de depressão:

  • isolamento, se o gatinho não tiver este costume;
  • miado excessivo;
  • agressividade;
  • parar ou diminuir o consumo de ração;
  • não brincar;
  • Ou seja, qualquer mudança no comportamento do gatinho pode ser um alerta.

    Alterações na rotina do animalzinho ou na família, também podem levar a um quadro depressivo, como:

  • mudança de residência;
  • ausência de alguém;
  • ausência de outro gatinho;
  • chegada de um novo membro na família;
  • mudança dos móveis;
  • ida ao veterinário e a pet shop;
  • alterar ração;
  • falta dos passeios habituais;
  • Assim como nós, nossos amiguinhos também são afetados por toda mudança no ambiente e na família.

    Nós também passamos por isso. Nosso gatinho Vincent ficava sozinho tranquilamente durante o dia, mas por uma licença médica tive de ficar em casa por dois meses, assim ele se acostumou a minha presença 24h com ele. Quando voltei a trabalhar, ele sentiu muito e demonstrou vários sinais de depressão.

    Acionamos a “Operação Gatinho Deprê” .. rs, brincando, dando muita atenção e mimos, estamos pecando pelo excesso, mas ele está bem melhor … !

    Problemas de saúde podem seguir em consequência a depressão, então quando o gato ficar sem comer por mais de 6 dias ou passar a respirar com dificuldade, é preciso levá-lo rapidamente ao veterinário. Ele deverá receber soro e energéticos, além de exames de sangue para descartar quadros infecciosos crônicos.

    Cuide de seu gatinho, pois você é tudo que ele tem!

    Comentários
    56 Respostas para “Atenção: Depressão em Gatos”
    1. Minha gata estar muito agressiva, ataca a irmã e mim atacou várias vezes com cortes, já comprei feliweey mais não adiantou vou ter deixar no casa de animais, estou triste e desesperada o que faço?

      • #CatLovers disse:

        Olha, alguns gatos não gostam muito de contato e atacam quando são pegos no colo, preferem ficar mais sozinhos, o que não impede de viver com sua família e dar e receber amor.

        Vale a pena levar em um veterinário pra avaliar o comportamento dela e ver se não tem nada que esteja causando isso como uma doença ou dor, ou se é mesmo da personalidade dela, antes de alguma atitude mais drástica!

        Deixe a gente por dentro do que acontecer, ok?

        Equipe Catlovers

    2. Milla disse:

      Minha gata anda muito quieta. Fica deitada no sofá dormindo o dia todo. Mal come, e mal desce pra dar umas voltas como fazia antes do meu pai ir viajar com minha mãe. Ela é louca pelo meu pai, uma alegria só quando vê-lo. Estou assustada. PS: ela é nova, uns 2 anos.

      • Olá Milla,

        Ela deixou de comer, beber água ou ir ao banheiro? Caso tenha, é melhor procurar um veterinário.
        Se ela está só tristinha, vc pode tentar dar mais atenção a ela … propor brincadeiras, comidinhas que ela gosta .. assim vc ganha tempo até seu pai voltar.
        Gatos são tão apegados as pessoas quando qq outro animal pode ser. Quando eu fui dar a luz, fiquei 3 dias internada e meu gatinho Vincent ficou os 3 dias sem comer direito … apesar de sempre ter gente cuidando dele, mas quando voltei tudo se normalizou.
        Mande notícias,
        Elaine

    3. Eloa disse:

      Minha gata tem dois aninhos, ela costumava ser muito brincalhona e não parava em casa! De uns dias pra cá, ela deita na minha cama e fica o dia inteiro, se levarmos comida na cama, ela come, com a água é a mesma coisa!Se pegarmos ela no colo, mia um pouco, já apertei ela inteirinha pra ver se é algum machucado e não! Por mais que eu coloque ela em outro ambiente, não demora muito, ela volta pra cama. O que pode ser?!

    4. Socorro Almeida disse:

      Meu gato tem 4 anos e adorava o local onde morávamos, andava muito e era muito apegado aos vizinhos e casas deles sendo conhecido por todos, faz quinze dias que nos mudamos, no início ele nem comia, nem bebia nem fazia necessidades fisiológicas, aos poucos ele voltou a fazer, mas anda quieto demais não sai de casa, assustado e já era apegado a mim agora piorou, fico triste porque saio muito ele fica preso, porque na antiga residência tinha uma saída própria mas agora nos mudamos pra um local distante e pouco habitado e não podemos deixar nada aberto pra ele sair, também não tem saída pra ele…Só dorme e fica perto de mim! Que devo fazer???

      • Socorro, ele está deprimido pela mudança!
        Tenha paciência, ele vai melhorar.
        Evite as saidas dele mesmo, como ele está deprimido e não conhece o local … ele pode sair e não voltar mais.
        De atenção, carinho … e fique atenta para alimentação e se ele vai parar de fazer suas necessidades. Caso isso ocorra, procure um veterinário.
        Abraços,

    5. samanta disse:

      ola ..tenho dois gatos uma fêmea e um macho .a fêmea come normalmente e faz suas necessidade normal, mas quando saio ela mia demais, e o macho dorme o dia todo e esta fazendo suas necessidades fora do lugar .
      A uma semana mudei de residencia, o apartamento onde moro hoje é menor q o antigo.
      Estou muito preocupada com os dois..
      oque eu posso fazer para mudar isso..

      Obrigada ….

      • Samanta,
        Eles estão estranhando o novo lar, com medo e pedindo sua atenção … tenha paciência, brinque, ofereça comidinhas boas escondidas pela casa nova … assim eles não associar coisas agradáveis ao novo lugar …
        Abraços,
        Elaine

        • samanta disse:

          obrigado!!

          adorei seu site, estou te seguindo!

          bjs

            • samanta disse:

              oi Elaine, preciso muito do seu HELP,,,rs

              meu gato macho ta fazendo xixi no Puff da minha mãe, isso ja é a 5x essa semana, oq faço, ja passeis todos os produtos possiveis, mas assim q termino de limpar e vai e faz denovo..

              me ajuda por favor..rs

              ah: minha gata ja esta mais tranquila, estou construindo um Playground para eles

              • Samanta,
                Esse é mais um sinal que ele está frustrado.
                Ele está desesperado e tentando te mostrar isso através dessas ações.
                Se tentar dar mais atenção, sugerir atividades extras (a idéia do play foi ótima) não adiantar, talvés seja bom ele tomar um floral, algo pra ajudar nessa fase.
                Leve ele no veterinário, só para garantir que não seja outro problema. Pq gatos quando estão doentes podem agir exatamente assim.
                Abraços, e mande notícias.
                Elaine

    6. Aurelia disse:

      Ola, estou preocupada! Minha gata é castrada, siamesa e esta mto estranha! So fik isolada, atras do sofa ou debaixo do guarda roupas. Qd pegamos no colo ela rosna, fik agressiva e arranha. Nao ta nem ligando pra brincadeiras e nem mto pra comida. Minha mae axa q ela esta assim pq percebe q estou gravida e q vai chegar um novo membro na casa. Estou de 4 meses mas n axu q é por isso! Ela nunca foi mto carinhosa, n gosta de colo, mas nao tanto pra chegar a rosnar!
      Abraços….

      • Aurelia,
        Ela pode estar no melhor dos casos, com ciumes da gravides, mas ai ela ficaria arredia com vc. Já ví isso acontecer antes, chegando da femea entrar até em gravidez psicologica. Mas afirmo que ela poderia ficar assim só com vc e não com todos da casa.

        Outra coisa que explica bem o comportamento dela é que pode estar doente.

        Eu aconcelho vc a levar ela ao vetereinário o quanto antes, ok?

        Abraços,

    7. Thiene Danusa da Silva Lima disse:

      Olá, minha gatinha tem 3 anos e desde que sofreu um corte, mudou de comportamento. Ela se isola, não come de jeito nenhum, não bebe água e parou de fazer cocô por um bom tempo. Levei-a ao veterinário duas vezes, a última veterinária descartou a possibilidade de ela ter algum tipo de vírus, e disse que ela estava assim por que sentia dor e estava incomodada por conta do ferimento. Hoje em dia, ela está se alimentando através de seringa, estou dando a Recovery para ela, bebe pouca água, mas estou dando soro caseiro várias vezes ao dia. Gostaria de ouvir sua opinião.

      Abraços,

      Thiene Lima

      • Thiene, que caso sério.

        Eu acredito que ela não ficaria em um estado tão delicado por causa da dor do corte, deve ter algo além disso.

        Vc já conversou com outro veterinário? Converse com outro veterinário especializado em gatos. Vc conhece alguma clínica especializada em gatos?

        Abraços,

        Elaine

    8. Ana Cristina disse:

      Minha filha tem uma gata que pariu recentemente (sobreviveu um gato). Chegou na minha casa uma outra gata de rua que também estava gravida ela pariu há um mês no meu quintal e o gatinho dela está brincando com os outros da gata de rua(eles estão hoje com dois meses). Minha prima viajou e deixou a cachorra dela na minha casa até ela voltar. Até então a minha gata saia para fora da casa pela manhã e a tarde, passeava pelo quintal tranquilamente e desde semana passada ela só que ficar no meu quarto dormindo,tem se alimentado pouco e está estranhando o seu filhote, não quer mais encostar perto dele. O que ela tem e como posso resolver esta situação,como posso ajudar?
      Grata,
      Ana Cristina

      • Ana,
        Ela pode estar estranhando a presença do cachorro no quintal, se for isso tudo se normaliza quando o cachorro for embora. Antes do cachorro chegar ela convivia bem com a outra gata e os outros filhotes?
        Mas sempre é bom consultar um veterinário, assim vc alivia seu coração e tem certeza que ela está bem.
        Abraços,
        Elaine

    9. Li santos disse:

      Meu gato está com quase 14 anos, meu companheiro desde q eu tinha 12 anos… Quando separei do meu marido e fui pra casa da minha mãe, meu gato ficou com ele, e entrou em depressão. Isso durou pouco mais de um mês. Meu marido ligava falando para eu ir buscar o gato pq ele não estava aguentando os miados estranhos dele, ele não fazia nada só ficava andando pela casa miando sendo q sempre foi mto calado, emagreceu mto e o pelo só caía… Quando voltei com meu marido, meu gato voltou ao normal. Vi o quanto aquele bicho me ama! kkk Mas ele já está um idoso, receio q ele morra em breve. Entende tudo, “vem cá”, ” tá com fome”, “quer água”, “leite” e “desce”… morre de ciúmes do meu enteado, mas está melhorando, percebo q se eu der atenção pra ele quando meu enteado está perto ele fica mais tranquilo. Atende pelos nomes bilo, bulo e biliu, não me pergunte de onde saiu esses nomes. kkkk

    10. Giovanna disse:

      Meu gato tem 3 anos, ele era muito brincalhão, rueiro, até q me mudei de cidade e resolvi castrá-lo, agora ele só fica na caminha dele olhando pro vazio, bebe água normal, mas ele n ta comendo como antes, ele n brinca mais, nem corre e quase n mia.O que eu faço?

      • Primeiro vc tem de ter certeza que ele não está com nada mais grave, então é importante consultar um veterinário.

        A castração costuma acalmar os gatinhos mais sapecas, mas não ficam assim. A mudança de casa tb pode ter afetado ele um pouco.

        Caso o veterinário não detecte nada físico, vc pode dar mais atenção ao pequeno, mimar ele um pouquinho, propor brincadeiras, oferecer comidinhas que ele gosta (patê) …

        Mande notícias dele, ok?

        Abraços,

        Elaine

        • Giovanna disse:

          Olá, ontem levei o Snicky ao veterinário e foi constatado que ele estava com febre e muita dor no local da cirurgia, por isso o isolamento. O veterinário aplicou três injeções (antibiótico e anti-inflamatórios). Infelizmente a médica que fez a cirurgia no gatinho n havia prescrito nenhuma medicação para dor. Amanhã ele fará alguns exames e depois retornará ao médico. Hoje ele amanheceu melhor, já brinca, n está mais dormindo tanto,está comendo bastante, e, graças a Deus e ao veterinário acabou aquele ar de depressão.

          Obrigada pela dica,
          Abraços!!!

    11. Paula disse:

      Adotei meu gato em uma feira de animais, a dona dele ficou gravida e o deu para a sogra que por sua vez o levou para adoção. Ele tem dez messes, no dia que chegou ficou um pouco amuado mais logo se adaptou só que de uns dias pra cá deixou de comer e beber, não interage mais conosco, emagreceu muito, estamos o levando ao veterinário todo dia para tomar soro e vitaminas, ele até fica mais animadinho na volta mais nada de brincar e comer, estamos dando ad na seringa para ele e água também. Já tentamos diversos alimentos, frikies (comia com a antiga dona), whiskas, golden, Royal canin, carne moída refogada e crua, frango desfiado, sache e latinha da whiskas mais nada dele se animar, não sei mais o que fazer

    12. Paula disse:

      Pois é, foram quatro dias de soro e vitaminas e nada de exames, ontem o gatinho ficou tão mal que precisei levá-lo ao vet. 24h, a vet. solicitou exame de sangue e hoje descobrimos que ele está com a doença da pulga e vai entrar em tratamento específico, vou manter com essa veterinária agora já que o outro me dizia que ainda não ia pedir exames para que eu não gastasse muito mais cada ida lá era 40,50 reais sendo que o exame foi 45 e meu bichano está sofrendo a mais de uma semana e o que já foi gasto não está escrito!

      • Com certeza, se tivesse detectado antes ele já estaria bem e vc não teria gastado.
        A doença da pulga é muito comum e de simples tratamento de detectada rápido, vou fazer uma matéria sobre ela nas próximas semanas!
        Fico feliz que vc tenha encontrado um veterinário com boa vontade.
        Sempre peça para que façam um exame de sangue, é simples e pode ajudar muito.
        Abraços,
        Elaine

    13. Nyedja disse:

      Olá
      minha gata não é castrada e tinha um gato que sempre vivia atrás dela (eu dizia q era o namorado dela rsrs) de uns dias pra cá ele sumiu, não o vejo em nenhum lugar…
      foi ai que começou as mudanças de comportamento.
      Ela não come mais, só come quando insisto muito, no começou achei q fosse a ração, mas comprei os sachês de carne q ela gosta muito e mesmo assim ela não quis, ela dorme o dia todo, mal sai mais
      estou muito preocupada, por favor me ajude

      • Primeiro vc tem de ter certeza que não seja nada físico , então seria muito bom passar ela por um veterinário.

        Ela está fazendo necessidades normalmente?

        Se depois de ela ter passado por veterinário, fazer exame de sangue e nada for detectado, ai sim vc vai ter de ter muita paciência e amor. Ela pode estar sentindo a falta do companheiro, então só muita atenção e carinho para ajudar ela a superar a falta do amigo.

        Nos últimos meses ví dois pequenos morrerem por consequência da falta de alguém querido , então , tenha muita paciência e é hora de vc demonstrar seu amor … Isso vai passar , é só uma fase!!!!

        Abraços,


        Elaine

    14. Jocilene Rocha disse:

      Bom dia,

      Tenho três gatinhos(2 machos e 1 fêmea), um dos machos sumiu dia 16/12/13, até o momento não voltou, depois deste dia o outro macho ficou muito triste, fica bastante deitando, não brinca, ele tá comendo, mais fica mais tempo deitado com o olhar triste desde que o gatinho sumiu, pois eles tinham uma amizade mto linda, será que ele tá só triste ou é depressão? Me ajuda pq eu tô ficando triste com essa situação tb. bjs

      • Leny , vc tema fotinho do gato que sumiu, pode me mandar que eu publico aqui …. espalhamos pelo face tb ….
        Ele pode estar sentindo falta sim, mas é bom passar ele por um veterinário , para ter certeza que não seja nada físico.
        Se for tristesa, ele precisa do seu amor … só isso vai ajudar!
        Abraços,

    15. Valdenice Magalhães disse:

      Minha gatinha BAby tem dois anos, faz 5 meses que meu filho sofreu um acidente de carro provocado por um outro carro que o motorista estava alcoolisado. Depois desse dia ela não sai mais pra fora de casa, só dorme e tenho a impressão que ela quer se esconder em lugares que não veja ninguém, não entra mais no quarto dele pois ela dormia com meu filho Raphael Magalhães que faleceu. Estou sem saber o que fazer pois a saudade da família é muita e agora vendo o sofrimento da gata dói mais ainda. Abraçoss

      • Primeiramente lamento muito por seu filho, nem posso imaginar a dor que vc e sua família tem passado.

        Com relação a baby, os gatos normalmente quado perdem alguém querido, assim como nós ficam tristes e alguns em uma depressão profunda. Vc tem algum veterinário de confiança que possa ir a sua casa? Ela está se alimentando e fazendo suas necessidades normalmente? Pergunto isso pq muitos alem de se afastarem de todos, deixam de se alimentar …e isso é desastroso.

        Além de passar ela por um veterinário, vc deve ter muita paciência, dar muito amor e atenção a ela nesse momento. Assim como uma pessoa em depressão , ela precisa de cuidados médicos e muito amor.

        Abraços e mantenha contato conosco.

    16. Gustavo disse:

      Meu gatinho Bart tem 6 meses e a mãe dele a Bella tem 1 ano e 2 meses, e a alguns dias nós perdemos a irmã dele a Lisa, que foi atropelada por um carro dentro do quintal da minha casa… O que agente percebe é que ele sente falta dela, já que ele vive miando sem motivo, antes desse acontecimento ele só miava por comida, ele vive se jogando no chão… Eu queria saber o que eu posso fazer pra ele não entrar em depressão, para ele não sentir tanta falta dela??

      • Gustavo, primeiro de tudo é bom passar ele por um veterinário para ter certeza se ele não está doente fisicamente.

        Se for só a tristeza, sim, eles ficam tristes e isso leva para depressão rapidinho, vc pode ajudar ele dando muita atenção e amor … ele precisará de sua dedicação mais que nunca.

        Abraços,

    17. Camila disse:

      Minha gata tem quase dois anos e a um mes adotei uma gatinha de 3 meses que achei na rua. Logo em seguida demos o remifugo pras duas e a mais velha sofreu uma intoxicação e foi levada no veterinario. Ela teve problemas no sistema nervoso e logo em seguida pegou conjutivite mas já está boa porém as vezes ela ainda tem os sintomas de nervoso como se tremer ou a respiração acelerada. Depois disso ela parou de brincar e correr e passou a ficar na sua, ela era toda agitada, dizem que ela está com depressao mas ela come, faz coco e tudo direitinho. No começo ela nao aprovava a nova gatinha e rosnava pra ela mas hoje as duas trocam lambidas e brincam juntas quando a novinha provoca. Pode ser pela gatinha ou pela doença? É depressao? O que posso fazer?

      • Pode ser uma sequela do problema com sistema nervoso … seria muito bom que ela passasse pelo veterinário novamente.

        Vejo pela forma que escreve, o carinho que tem por ela … e digo que seu amor por ela é muito importante nessa hora … os animais tb tem de se sentir seguros e amados.

        Um abraço,

        Elaine

    18. Marcia disse:

      Ola. estive lendo alguns depoimentos e gostaria de uma ajuda se possível.Confesso que nunca fui amante de gatos, mas desde que a Pandora chegou, com seus 2 meses, me apaixonei. Ela é do meu filho, mas desde o primeiro dia vive grudada em mim….. Bom enfim… Eu morava em um apto e me mudei para uma casa de fundos tem um ano.. a Pandora, hoje com 2 anos descobriu a rua. vai dar seus passeios pelos telhados e volta sempre pra se aconchegar comigo…. Tenho também uma cadela com 7 anos e elas se dão muito bem desde o inicio… Em setembro passado adotei uma gatinha de 4 meses que quase foi morta por um cachorro…. segui os conselhos da vet e as deixei separadas por algumas semanas…. logo a castrei e em alguns dias as gatas estavam interagindo, brincando e dormindo pertinho . Hoje noto que a Pandora , que nunca gostou de colo e pessoas, esta um pouco mais arredia, sibilando muito para a Lara – a nova gatinha e alguns rosnados, mas nunca a agrediu ou travaram algum tipo de batalha brutal…. só patadinhas de alerta mesmo.Mas eu notei que do lado de fora do meu portão Pandora e a mesma gata carinhosa, amorosa, sempre me esperando no portão com seus carinhos e esfregões, mas ao entrar para casa, ela ja fica arredia, e não sai mais de cima do guarda roupa, notei que perdeu um pouco de peso também, embora coma como de costume, beba agua normalmente e faz suas necessidades – hj as vezes na caixa de areia, as vezes no jornal da cachorra…. Será depressão, pois o seu comportamento so mudou dentro de casa. e noto também que a gatinha mais nova – que não dá sossego – ate se joga de mancinho pra tentar brincar com ela, mas não tem acordo – ela sibila, rosna e corre pra cima do guarda roupa…. Voce pode me dar algumas dicas para ajudar minha Pandora?? – agradeço desde ja

      • Tudo bem Márcia?
        Então, primeiro de tudo vc deve descartar qualquer problema físico, é melhor levar ela para o veterinário, principalmente pq ela tem acesso a rua e isso traz muitos tipos de doença. Se possível não deixe eles terem acesso a rua.
        Caso nada físico seja detectado, vc deve dar muitoooooooo amor a sua gatinha, para que ela se sinta incluída e entenda que a outra gatinha não tirou seu lugar.
        Abraços, mande notícias.

        Elaine

    19. Danielhe disse:

      Olá, tenho um gatinho chamado Jack, pegeui ele com 2 meses, ele sempre foi muito brincalhão, não podia ver uma espuminha de travrsseiro ou boliha de papel que ficava doido, adorava me morder e quando eu andava pela casa depois de ter brincado com ele ele pulava bem alto nas minhas pernas rsrsrsr era engraçado, eu adorava. Eu e meu esposo trabalhamos fora e o Jack sempre ficou sozinho, mas de um mês pra cá, ele só ando quieto, não brinca, se irrita se eu pertubar ele pra brincar, não mia, continua comendo e bebendo, dorme o dia inteiro, tem um olhar tristonho, não sei oque fazer . Eu castrei ele quando ele tinha uns 6 meses, agora ele tem um aninho, estou muito preocupada, não sei oque faço.

      • Dani,
        Se nada na rotina dele mudou, ele pode até estar doentinho. Vc já levou ele num veterinário?
        Bjus,

        Elaine

        • Danielhe disse:

          Olá, somente agora que vi sua mensagem.
          Infelizmente meu Jack morreu. Eu o levei em três veterinários diferente e nenhum deles sabia o que o meu bichinho tinha. Gastei mais de 500, 00 em remedios que de nada serviu, gastei muito dinheiro com exames e nada.
          Com o passar dos dias o Jack foi parando de andar, depois de comer, só comia na seringa, fazia as necessidades deitado mesmo. A situação dele ficou pessima. O último vet que o acompanhou por aproximadamente um mês não sabia oque me dizer.
          Fiquei muito triste com esses veterinários, pois fiz oque podia e oque não podia pelo meu gatinho, mas não adiantou, pois toda semana que eu o levava na consulta era um remedio novo e muito achismo doque o gato poderia ter.
          No fim do mês de junho ele morreu.
          Achei que esses veterinarios, pelo menos esses três que eu fui fizeram pouco caso. Mas oque esperar, se na medicina humana já é esse desleixo todo, imagina na animal.

          Fiquei muito triste e desanimada.
          Agora ja estou mais conformada, pois ele estava sofrendo muito, primeiro eles disseram que era doença da pulga, depois, estomago, depois urinário, depois coluna, depois derrame e por fim disseram que era alguma doença neurologica.
          Fiz tudinho conforme eles pediram, todos os remedios no horario certo, todos os exames solicitados e nada.

          :(
          Obrigada por ter me respondido e desculpe a demora em responde-la.

          beijuss

    20. Andressa disse:

      Olá, acabei de ganhar um gatinho de dois meses. Tenho uma gata de três para quatro anos.
      Ela é super serelepe, brincalhona e tudo mais.. Já estou com o filhote tem uns quatro ou cinco dias, no inicio a antiga(Marie) nem chegava perto do filhote, coisa que hoje no quarto pro quinto dia, ja fica, porem não para de resmungar.
      Ela desde que o filhote apareceu, vive socada nos cantos e quando a gente chega perto dela resmunga, tenta atacar a gente( os donos) qnd vê o filhote, apenas “rosna” não o ataca.
      Lembrando que ela interagem com a gente, se a gente chegar e brincar com ela(na maioria das vezes qnd o filhote não esta por perto), só que o comportamento dela com a gente e o ambiente que ela vive mudou um pouco. Está mais “fria, seria”
      Gostaria de saber o que posso fazer para ela voltar a ser como antes, ficar mais brincalhona e principalmente parar de “resmungar” o tempo todo e aceitar mais o outro filhote.Dar algum remédio? o que faço!

      PS: a gente sempre dá coisas para ela brincar, coisas que ela gosta de comer, e ela meio que faz um charme, porem aceita dps.

      Gostaria de obter a resposta por e-mail.

      Desde já
      Grata!

      • Esse período de adaptação pode ser complicado mesmo … mas na maioria das vezes passa. Existem alguns florais que o vet. pode te indicar, eles podem auxiliar.

        Vc deve dar muita atenção a ela, para que ela veja que não perdeu o lugar.

        Mas vale sempre verificar um veterinário, ara ter certeza que ela não está com nenhuma doença física, ok?

        Abraços,

    21. Suzane disse:

      Oie!!! Preciso muito de ajuda…
      Meu gato tem 4 anos, sempre viveu comigo, comeu muito, brincava bastante e era um dengo! Era o gordinho da casa. Há quase 3 semanas, minha mãe adotou uma gatinha da rua e a trouxe para casa. Desde então, meu gato não come absolutamente nada, esta apático, sem reação, parece triste. Nem mia mais.
      De vez em quando da umas lambidinhas no leite e come um pedacinho de presunto (ele adora)… Mas não chega nem perto de comida, ração…
      O que faço???? Ele esta emagrecendo demais!!!!! Esta seco… Ele era uma bola e super pesado!
      Estou preocupada!

      Por favor.. Preciso da sua ajuda!

      • Suzane, é muito importante levar seu gato em uma Veterinária, para ter certeza que não é alguma doença que a outra gatinha possa ter passado para ele, já que ela veio da rua! Isso é muito importante, levar em uma veterinária e também dar muito amor e carinho, mostrando para ele que é mais importante para você, que não vai ser trocado por nenhuma gatinha mais nova, certo?

    22. Bia disse:

      Minha gata tem uns 8 meses e já teve cria, 4 gatinhos. Depois disso ela começou a apresentar alguns dos sintomas citados, come muito pouco, quase não mia, é agressiva ao ser pega no colo e passa a maior parte do tempo parada sentada em algum lugar com o olhar quase morto. Preciso de ajuda!

    23. oi! tenho três gatos , 2 machos e uma femea, sendo q um dos machos ainda e filhote…a minha gata não aceita ele, já se passaram quase dois meses e ela agride a mim e rejeita o filhote….ela ta triste, ta comendo menos, não sei o q fazer, estou mto preocupada….me ajude!

    24. Pamella disse:

      Oi eu tinha 4 gatos mas foi atropelado e morreu e um deles desde entao nao para de chorar, e agora esta fazendo suas necessidades dentro de casa, pode ser depressao? Sera que ele ta sentindo falta do oitro gato? Como eu trato?

      • Yumi, primeiro vc deve descartar qq problema físico, levando seu pequeno para seu veterinário de confiança.
        Caso não seja detectado nada fisico, vc vai precisar de muita calma, paciencia e principalmente dar muito amor!
        Promova brincadeiras, mimos, petiscos … e aos poucos ele deverá voltar ao normal…
        Abraços,

    25. Vera disse:

      Minha historia é um pouco longa e vou tentar resumi-la.
      Por motivo de força maior tive que vir morar com meus pais para me cuidar, ganhei um gato para amenizar minha depressão, ele foi roubado e adotei uma gata de 1 mês, moramos uns três anos com meus pais,mas fui me cuidar em outro lugar, lá ela adorou a casa, tinha mato, arvore, ela subia no telhado, quase não dormia de tão exitada que ficava, mas tive que voltar e ela só fica dormindo ou embaixo da cama, não sei o que faço, pois por voltar a minha depressão piorou muito e quando fico um pouco melhor tento arrumar a mudança e quando ela acorda tento brincar um pouco mas aqui não tem nada para ela fazer e ela nunca gostou de brinquedinhos, o que eu faço?

    Comente

    Curta #Catlovers

    Propaganda